Sexta-feira, 30 de Março de 2007
Mais idéias para sua lápide

O Agnóstico: Deus é grande, mas não é dois.

· O Ansioso: Uma cueca limpa, por favor.

· O Ateu: Tão bem vestido e nenhum lugar para ir...

· O Britânico: Morri, presumo.

· O Cego: Aqui onde?

· O Cinéfilo: From Here to Eternity

· O Comunista: O Paraíso não existe. Avisem Karl Marx. Pensando bem,
  Karl Marx também não existe. Esquece.

· O Cri-cri: Volto a insistir: para mim isso foi só um desmaio.

· O Decorador: Aqui repousa Fabinho Darling num caixão lindíssimo de
  mogno perolado, com luxuosas alças douradas em estilo Luiz XV.
  Acima, mármore de Carrara marrom, combinando com o vaso de
  cerâmica marajoara. As flores são manufaturadas em papel crepom
  multicolorido e pintado à mão.

· O Doente de hemorróidas: Ainda bem que não enterram a gente
  sentado.

· O Editor: Fora de catálogo.

· O Ejaculador precoce: Eu já esperava por isso, mas não tão rápido.

· O Empreiteiro: Este mausoléu é mais um empreendimento da
  Construtora Odebretch & Corleone, com o apoio do Governo Federal,
  Estadual e Municipal. Consulte nosso corretor.
· O Enrustido: Aqui jaz Sebastião. Tião, para o pessoal da obra. Sebás,
  para os íntimos.

· O Esportista: Asa delta, nunca mais.

· O Favelado: Aqui, mais uma casa própria entregue pela Nossa Caixa,
  Nosso Banco.

· O Feirante: Olha o cadáver fresquinho, dona freguesa!

· O Fotógrafo: Velei.

· O Geólogo: É pau, é pedra, é o fim do caminho.

· O Impotente: De pé, nunca mais.

· O Juiz: Isso não é justo.

· O Mal-humorado: Não incomodem.

· O Místico: À margem do rio Piedra eu sentei e dancei.

· O Pagodeiro: Favor não batucar na lápide.

· O Paranóico: Ta olhando o quê?

· O Proctologista: Tomei no cu.

· O Punk: Enfim, podre.

· O Segurança: Favor deixar o crachá visível.

· O Telegrafista: Fim da mensagem Pt.

· O Workaholic: Podem continuar rezando, que meu celular está
  tocando.

· O Zumbi: Aqui jazia.

 

Aran & Castelo, autores do livro "Aqui Jaz - O Livro dos Epitáfios", já fizeram suas opções: "Agora sim, espirituoso" e "Tô fora", respectivamente. O texto acima foi extraído do livro citado, Editora Ática - São Paulo, 1996, págs. 11 a 56.

-Aran & Castelo-


tags:

publicado por quatroventos às 01:39
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
-$-$-$

Counter From POQbum.com
posts recentes

A volta por baixo

Jorge Oxossi Amado

A cebola e a árvore de na...

A Éstoria de João e joana

A Eloquência e o Brasilei...

Teatro de bonecos

Sabiás e rouxinóis

Três mortes

GEOGRAFIA FEMININA E MASC...

Emboscada

arquivos

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

blogs SAPO
* .* .*

POQbum.com
POQbum.com

* * *
Locations of visitors to this page
+..pi
free hit counters by free-counters.net
zique do pi
* .* .*

Zangy Comment Graphics
* .* .*

POQbum.com
POQbum.com

* .* .*

Zangy Comment Graphics
* .* *

Zangy Comment Graphics

POQbum.com
POQbum.com

* .* .*

Zangy Comment Graphics